Que rua é hoje? – março

O ano vai passando rápido: já são mais de dois meses de blog e agora o terceiro post da série “Que rua é hoje” do recém-chegado março:

Não dá pra ver mas é oito de março.

Não dá pra ver mas é oito de março. A rua fica no Jabaquara, zona sul.

Como todo mundo sabe (ou deveria saber), o dia oito de março é o dia internacional da mulherque homenageia uma revolta das trabalhadoras femininas na Rússia pré-comunismo, em 1917, além de um incêndio criminoso que matou 129 operárias de uma fábrica, nos Estados Unidos, 60 anos antes. Além disso, também é o aniversário da atriz Marjorie Estiano. Lá atrás, em 1694, era fundada a Casa da Moeda.

Segundo a prefeitura, é uma alusão ao ~niver~ do Padre Anchieta, nascido em 1534. A rua está em São Miguel Paulista, zona leste.

Segundo a prefeitura, é uma alusão ao ~niver~ do Padre Anchieta, nascido em 1534. A rua está em São Miguel Paulista, zona leste.

Além de Anchieta, o dia 19 de março também é aniversário da atriz Glenn Close (nascida em 1947) e da Mari Alexandre (de 1974). Já em 19 de março de 1991, uma grande enchente alagou todo o SBT, que então ficava na Vila Guilherme. Dizem que muitos episódios do Chaves e outros programas foram perdidos – e o Boris Casoy apresentou o TJ Brasil quase debaixo d’água.

Essa é triste e pura puxação de saco pra político... 21 de março de 1965 foi o dia em que Faria Lima foi eleito prefeito. A praça fica em São Lucas, zona leste.

Essa é pura puxação de saco pra político… 21 de março de 1965 foi o dia em que o brigadeiro Faria Lima foi eleito prefeito. A praça fica em São Lucas, zona leste.

Não deu muito certo a eleição do Brigadeiro Faria Lima prefeito, em 21 de março de 1965, já que ele morreu antes de terminar o mandato, em 1969. Foi ele quem tirou os bondes a cidade e construiu uma certa avenida entre Pinheiros e o Itaim Bibi, que se chamaria Radial Oeste, mas acabou ganhando seu nome. Alguns anos antes, em 1871, havia outra eleição, no Império Alemão, quando foi eleito Otto Bismarck. Um certo tempo depois, em 21 de março de 2006, entrava no ar o Twitter.

Diz a elucidativa Prefeitura sobre esta rua da Penha, ZL: "Vinte e Dois de Março é comemorado o Dia da Autonomia do Município, em 1953."

Diz a elucidativa Prefeitura sobre esta rua da Penha, ZL: “Vinte e Dois de Março é comemorado o Dia da Autonomia do Município, em 1953.”

Aí você pergunta, que raio de município foi tornado autônomo nesse dia 22 de março de 1953? Essa nem a Wikipedia sabe responder, mas parece que é Santos, que perdeu o direito de eleger seu prefeito no início do século 20 – e só recuperou a prerrogativa nesse dia 22 de março. O dia também é o “niver” de Jorge Benjor (nascido em 1945) e o ator alemão Bruno “Hitler” Ganz (de 1941). Seis anos antes, também na Alemanha, aconteceria a primeira transmissão de TV regular do mundo.

25 de Março é o dia mundial das tranqueiras falsificadas e muambas

25 de Março é o dia mundial das tranqueiras falsificadas e muambas e eu já fiz essa piada, que repetitivo

Claro que não pode faltar a nossa 25 de Março, que todo mundo conhece – tanto que o verbete do dia na Wikipedia tem até uma desambiguação para outro que fala da rua. A 25 é antiquíssima. Os primeiros registros são ainda do século 17, quando margeava a orla do rio Tamanduateí (daí vem o nome da Ladeira Porto Geral). Mas aí ainda chamavam a 25 de “Rua de Baixo” e “Beco das Sete Voltas”, segundo os alfarrábios paulistanos. Só em 1865 que passou a ter o nome de 25 de Março (e as primeiras lojas), aludindo ao dia da primeira constituição do Brasil independente, promulgada em 1824, 98 anos antes da fundação do Partido Comunista Brasileiro.

"Este termo faz parte de uma relação de nomes que foram sugeridos por uma comissão de representantes dos moradores da Gleba K e M (processo de regularização de glebas da Favela Heliópolis), conforme informação dada pela SEHAB - Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, através de CASE -4, Cadastro Setorial, Divisão Técnica responsável que também mantêm um banco de nomes de logradouros."

“Este termo faz parte de uma relação de nomes que foram sugeridos por uma comissão de representantes dos moradores da Gleba K e M (processo de regularização de glebas da Favela Heliópolis), conforme informação dada pela SEHAB – Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, através de CASE -4, Cadastro Setorial, Divisão Técnica responsável que também mantêm um banco de nomes de logradouros.”, diz a Prefeitura.

Ou seja: até agora você só descobriu que o pessoal da comunidade de Heliópolis também tem seu banco de nomes paralelo. E, a princípio do original da Prefeitura, também ficam devendo a explicação do nome. Já que eles não falaram, pode ser que seja o 28 de março de 193, quando mataram o imperador romano PertinaxOu ainda, a inauguração da maior central fotovoltaica do mundo, em Brinches (Portugal), em 2007 – mesmo dia em que morreram o empresário Cha Chi Ming (wtf?) e o lutador polonês Abe Coleman, pioneiro do wrestling, que empacotou com 101 anos (!).

Ah, vai dizer que você não sabe? O pior é saber que ainda tem quem comemore...tem essa rua no Morumbi e o viaduto, no centro.

Ah, vai dizer que você não sabe? O pior é saber que ainda tem quem comemore…tem essa rua no Morumbi e o viaduto, no centro.

É claro que é uma alusão ao golpe militar de 1964, tanto a rua quanto o viaduto, que ainda deveria ter esses dizeres, segundo o decreto (assinado por Paulo Maluf) que o nomeou, em 1969:

“As justificativas para esta denominação, estão estampadas no Decreto nº 8.571, de 16 de dezembro de 1969 e refletem a ideologia de ocupantes de cargos do Executivo no período do Regime Militar. Neste caso, as considerações são do prefeito na ocasião, Paulo Salim Maluf, conforme segue: “Considerando que a data de 31 de Março de 1964 é o marco histórico do maior movimento idealista e patriótico do Brasil; considerando que a mulher brasileira, as fôrças armadas e a maioria absoluta do povo, irmanaram-se para livrar o País da subversão e corrupção; considerando que 31 de Março, dentre os inúmeros acontecimentos gloriosos do passado, simboliza o mais belo movimento cívico para a redenção da família brasileira”. Da placa deverão constar os seguintes dizeres: “VIADUTO 31 DE MARÇO – DATA DA GLORIOSA REVOLUÇÃO 1964″. Este viaduto, começa na Av. Rangel Pestana, na altura da Rua Frederico Alvarenga, passa sobre o Tamanduateí, onde se subdivide, tomando duas direções: uma faixa para a Rangel Pestana, na altura da Rua Capitão Faustino e outra ligando-se a Rua da Figueira. Um terceiro ramo do viaduto, ainda em construção, alcançará a Radial Leste. Foi inaugurado em 19 de dezembro de 1969. Prefeito: Paulo Salim Maluf.”

Além disso, 31 de março é uma data marcante para os fãs do Sai de Baixo, como eu, que fiz até meu TCC contando a história do programa global. Seu primeiro episódio foi exibido no dia 31 de março de 1996. E o último, exatos seis anos depois, no 31 de março de 2002. Por mim, teria até uma placa na rua e no viaduto lembrando dessa data, muito mais importante (rsrsrs).

BONUS TRACK (literalmente)

KKkKKkKkKkKkKk

“É pau, é pedra, é o fim do caminho” – Tom Jobim foi profético ao falar da quebrada onde fica a Águas de Março, rsrsrsrs

Como você já viu por aqui, sobram ruas com nomes de músicas, especialmente na zona leste, caso da Águas de Março, de um conjunto habitacional em José Bonifácio. Não é a única música de Tom Jobim que é rua paulistana: Borzeguim é outra. Além do próprio Tom, que é uma rua do jardim Anália Franco (zona Leste) e aquele tunelzinho entre a 9 de Julho e a Prestes Maia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s