Galeria de tipos irrelevantes (argentinos) – 2

Para aproveitar nuestro novissimo papa hermano, vulgo Francisco, o tema da nossa galeria de tipos irrelevantes de hoje são os argentinos.

Este é um argentino

Um argentino típico

É porque, sabe-se lá por que cargas d’água, o sempre surpreendente Banco de Nomes resolveu usar algum obscuro livro da história portenha para batizar várias ruas da periferia de São Paulo. Não são tantos quantos os pedreiros mineiros do século 17 que você viu na semana passada, mas é um número considerável. São pelo menos umas 100 ruas com nomes de personalidades (?) argentinas do início do século XIX.

"Daniel Cerri: militar argentino, nasceu em 1841 e faleceu em 1914; lutou na Guerra do Paraguai e foi o primeiro governador dos Andes. Este nome foi retirado do Banco de Nomes de SEHAB-CASE." A rua está na Brasilândia, como vários outros portenhos

“Daniel Cerri: militar argentino, nasceu em 1841 e faleceu em 1914; lutou na Guerra do Paraguai e foi o primeiro governador dos Andes. Este nome foi retirado do Banco de Nomes de SEHAB-CASE.” A rua está na Brasilândia, como vários outros portenhos. Já Francisco Margall era um escritor, mas espanhol.

"Gregório Funes, Historiador argentino. Reitor da Universidade de Córdoba. Foi deputado e clérigo famoso.". A rua está no Tucuruvi.

“Gregório Funes, Historiador argentino. Reitor da Universidade de Córdoba. Foi deputado e clérigo famoso.”. A rua está no Tucuruvi.

joaodasheras_polargentino

João das Heras: político da Argentina, nasceu em 1780 e faleceu em 1861. Foi governador de Buenos Aires no período de 1824 a 1826, tendo também dirigido a Campanha do Sul do Chile. A rua está no Lajeado, ZL.

Frederico Lacroze :Célebre economista e político argentino, nascido em 1.838, levantou a economia do país, projetou a primeira linha de ônibus urbano de Buenos Aires

Frederico Lacroze :Célebre economista e político argentino, nascido em 1.838, levantou a economia do país, projetou a primeira linha de ônibus urbano de Buenos Aires. Também fica na Brasilândia.

Guillermo Correa, jornalista, jurista, professor e romancista argentino nascido em 1858, na cidade de Catamarca. Foi membro do Partido Autonomista Nacional, duas vezes governador de Catamarca, tendo também representado sua província no Congresso Nacional (1904-1908). A rua fica no Jaraguá.

Guillermo Correa, jornalista, jurista, professor e romancista argentino nascido em 1858, na cidade de Catamarca. Foi membro do Partido Autonomista Nacional, duas vezes governador de Catamarca, tendo também representado sua província no Congresso Nacional (1904-1908). A rua fica no Jaraguá.

Histórico: Esta rua foi denominada através do Decreto nº 17.825 de 11/02/1982. João Pujol: estadista argentino, nasceu em 1817 e faleceu em 1861; foi o criador do primeiro selo de seu país. Fica no Aricanduva, ZL.

Histórico: Esta rua foi denominada através do Decreto nº 17.825 de 11/02/1982. João Pujol: estadista argentino, nasceu em 1817 e faleceu em 1861; foi o criador do primeiro selo de seu país. Fica no Aricanduva, ZL.

Curiosidade: desses aí, só Frederico Lacroze é nome de algo em Buenos Aires – uma das estações do metrô. Mas há alguns famosos:

Ah vai, ele era francês, mas é como se fosse argentino... a praça fica do lado do ginásio do Ibirapuera.

Ah vai, ele era francês, mas é como se fosse argentino… a praça fica do lado do ginásio do Ibirapuera.

Deixa a argentinada saber que a Evita é só uma viela no meio de uma quebrada da Cidade Tiradentes...

Deixa a argentinada saber que a Evita é só uma viela no meio de uma quebrada da Cidade Tiradentes…

Esse quem já foi a "BsAs" conhece porque é o nome do aeroporto - justamente porque ele foi um dos pioneiros da aviação argentina. E não por acaso a rua fica no parque Edu Chaves, outro aviador.

Esse quem já foi a “BsAs” conhece porque é o nome do aeroporto – justamente porque ele foi um dos pioneiros da aviação argentina. E não por acaso a rua fica no parque Edu Chaves, outro aviador.

Além disso, um vereador sem nada o que fazer já quis trocar o nome do Minhocão para “Elevado Presidente Nestor Kirchner”. Mas o Costa e Silva não sai de lá tão cedo.

Mas aí você me pergunta: não tinha opção melhor para batizar as ruas a usar esses nomes obscuros lá de cima? Bom, espero que você nunca trabalhe numa secretaria de habitação com mais de VINTE MIL ruas para dar nome…

Anúncios

2 pensamentos sobre “Galeria de tipos irrelevantes (argentinos) – 2

  1. Tá rolando uma química… – As ruas mais estranhas de São Paulo

  2. Galeria de tipos irrelevantes, daí – parte 3 – As ruas mais estranhas de São Paulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s