Que rua é hoje? – maio

Mês chegando e mais uma lista de ruas para eu, você e os outros 17 leitores desvendarmos a origem. Bora?

CapturFiles-Apr-28-2013_10.49.46

O dia mais importante do mês – porque é feriado – não tem sequer uma placa na sua praça, no Ipiranga. Também há um largo do mesmo nome, em Ermelino Matarazzo (ZL).

Que hoje é dia do trabalho você sabe. Mas qual era o motivo? A história remonta à uma grande greve geral que rolou no dia 1º de maio de 1886, em Chicago, o principal centro industrial americano daquele tempo. Os grevistas pediam a redução de carga horária (de 13 para 8 horas) e condições melhores de trabalho – imagine: naquele tempo todas as empresas eram como aquelas confecções de bolivianos do centro… E, como você deve imaginar, os operários tomaram aquele pau dos tiras (afinal, estávamos nos EUA). Além disso, Primeiro de Maio também é uma cidade do Paraná, daí – fica na “grande Londrina”.

Dois dias depois, duas ruas com o mesmo nome:

Na falta de uma...

Essa é a original, na Vila Mariana, perto de vários outros dias: 1 de Janeiro, 11 de Junho

e ainda tem essa outra, na ~comunidade~ de Heliópolis

e ainda tem essa outra, na ~comunidade~ de Heliópolis. Para não confundir com a anterior, essa é “DIA 3 de maio”

As duas têm em comum o fato do Dicionário de Ruas não saber explicar a origem. Meus palpites para 3 de maio são: o nascimento de James Brown, em 1933;o nascimento de Bruno Mazzeo, em 1977; ou ainda uma dessas incríveis efemérides: o dia internacional do Sol, o dia do taquígrafo ou, ainda, o dia do solo. Mais dois dias depois, e…

Lá na cidade A. E. Carvalho, na ZL, homenageia-se o ~dia mundial das comunicações~, de acordo com o Dicionário.

Lá na cidade A. E. Carvalho, na ZL, homenageia-se o ~dia mundial das comunicações~, de acordo com o Dicionário.

Obviamente, a real razão de 5 de Maio não deve ter a ver com nenhum tipo de comunicação, e sim algo bem mais nadaver, como o aniversário de algum dos loteadores. Até porque a rua corta o padrão das suas vizinhas, quase todas com nomes femininos (ao estilo daquelas rifas): Gilda, Cecília, Nilza… Mas o que pode ter acontecido num dia 5 de maio? Em 1968, foi quando começou todo o fuzuê ~revolucionário~ na França que influencia muita gente até hoje – não por acaso, seria o aniversário de Karl Marx se ele estivesse vivo (apenas 195 aninhos). Muito mais importante que Marx é outro aniversariante do dia: Chitãozinho, nascido em 1954.

A placa da 8 de Maio é a da própria escola

A placa da 8 de Maio é a da própria escola

Um hábito curioso da Prefeitura que você talvez não conheça é denominar, oficialmente, muitos dos terrenos onde se instalam escolas e creches municipais, como praças – apesar de nunca serem os endereços oficiais das mesmas. E, na maioria das vezes, a praça tem um nome diferente do que tem o equipamento de ensino público municipal. Não é o caso da ~praça~ 8 de Maio, em Itaquera, que tem o nome da EMEF homônima. Mas de onde veio o nome do colégio? Boa pergunta… será que é uma homenagem a Petty Faria (de 1941)? Ou ao João Havelange (de 1916)? Quem saberá?

Lá na Cachoeirinha (zona norte) está o dia 10 de Maio, que a Prefeitura não sabe decifrar.

Lá na Cachoeirinha (zona norte) está o dia 10 de Maio, que a Prefeitura não sabe decifrar.

A Vila Amália, o lugarzinho onde está a Dez de Maio, próximo à avenida Parada Pinto, deveria se chamar Vila Calendário. Temos a ainda as 7 e 19 de Dezembro, 20 de Julho, 9 de Novembro, 28 de Janeiro e 22 de Agosto – e todas sem maiores explicações oficiais. Nem dá para dizer que é culpa do Banco pois o batismo vem do início da década de 60, quando aparecem as primeiras menções ao bairro no Estadão. Será que o 10 de maio é por causa da independência da Romênia, em 1877? Ou ainda pelo nascimento de Fred Astaire, em 1899? Nunca saberemos.

Numa quebrada de Pirituba, perto da avenida Elísio Teixeira Leite, há uma 
12 de MaioMas como não falo de ruas sem reconhecimento da Prefeitura, vamos para a próxima, a manjadíssima…

maio13_rua

Tem a do Bexiga, famosa pelas cantinas…

maio13_largo

E o Largo 13, que já não foi paulistano (e sim santamarense) e que é tão conhecido como Largo 13 que muita gente esquece que também é de Maio

Além disso, como você aprendeu aqui, a atual Cancioneiro de Évora, também em Santo Amaro, já foi 13 de Maio até 1978. E, claro, você sabe que o 13 de maio de todas elas é o mesmo: o de 1888, quando a redentora Princesa Isabel assinou a Lei Imperial número 3353, vulgo Lei Áurea, extinguindo a escravidão no Brasil. Diga-se de passagem, muito tempo depois dos países vizinhos e a contragosto de muitos dos fazendeiros daquele tempo. Pelo menos, foi antes da Mauritânia, que só aboliu a prática em 1981(!). Outra data curiosa de um 13 de Maio foi a inacreditável Tragédia de Khodynka, em 1896, na Rússia.

Fica pertinho da 5 de maio, na A.E. Car(v)alho.

O dia 19 fica pertinho da 5 de Maio, lá na A.E. Car(v)alho.

E, assim como o Cinco, a Prefeitura não sabe explicar a motivação do 19 de Maio. Seria a inauguração da TVS do Rio de Janeiro, em 1976, o futuro SBT? Ou ainda o aniversário de Joey Ramone (de 1951), ou ainda o do Datena (de 1957)? Dia 19 de maio também é o Dia nacional da Defensoria Pública, do Físico e de Santa Maria Bernarda Buttlerconsiderada a santa feminista. Não sabia? Agora sabe.

Todo mundo conhece a 23, mas...

Todo mundo conhece a 23, mas…

Uma das mais importantes avenidas da cidade não é tão antiga assim. Até a primeira metade do século passado, pelo seu leito passava apenas um riacho, o Itororó. Mas já em 1928 surgiu a ideia de criar uma avenida por cima dele, partindo do Anhangabaú – e que teria o nome do próprio vale. Por um tempo, esqueceram dela, até que, a partir dos anos 50, resolveram botar tudo que atravancava seu caminho abaixo (prédios clássicos de Le Corbusier, inclusive) e criar a 23, inaugurada nas formas atuais em 1969. O seu diferencial, na época, era a ausência de cruzamentos, que são feitos pelos viadutos que a atravessam., tornando-a uma via expressa (isso naquele tempo, hoje nem tanto…). O nome já existia desde 1954, e faz referência “à grande data de 23 de maio de 1932″, dia em que a ~revolução~ constitucionalista paulista começou a pegar fogo de verdade. Foi quando o exército varguista matou os estudantes MMDC, que se tornaram os mártires revolucionários. Além disso, desde décadas antes, já existia a avenida 9 de Julho, que homenageia a data final da revolução. Nada mais ~justo~ que lembrar do começo, não? Nos anos 80, tentaram mudar o nome da 23 para Avenida Tancredo Neves. A chiadeira dos veteranos (naquela época, ainda em maior número) impediu a mudança. Mas nem teve problema, pois na mesma época foi inaugurada uma avenida novinha em folha para o avô do Aécio, lá no Ipiranga.

Outro clássico paulistano, no centrão

Outro clássico paulistano, no centrão

Essa é velha: teve a sua abertura autorizada em 1863, quando a prefeitura desapropriou vários terrenos entre a atual Praça da República (então Largo dos Curros) e o Morro do Chá. Mesmo antes de ser inaugurada, em 1879, já tinha o apelido de 24 de Maio, relembrando um dos mais sangrentos eventos da nossa história: a Batalha do Tuiutidurante a Guerra do Paraguai, em 1866 (ou seja, depois que a rua começou a ser aberta). Foi uma matança geral (pelo menos 4 mil mortos) entre brasileiros, argentinos, uruguaios e paraguaios, mas por muito tempo foi uma das datas mais celebradas entre os militares brasileiros. Aliás, é por causa da Batalha que a rua Tuiuti, no Tatuapé, tem esse nome. E não por acaso, seu comandante lhe faz esquina: o general Emílio Mallet. E pensa que a toponímia da guerra do Paraguai para por aí? Nem… dá um post inteiro só disso.

maio25_nova

Lá no Jaçanã (zona norte). Segundo a Prefeitura, é “o dia da Indústria”

Nem vou falar muito de indústria porque daqui a pouco aparece aquele mala do Skaf. Prefiro acreditar que o 25 de Maio é relativo à estreia de Star Warsem 1977, ou ainda a fundação do Instituto Militar dos Pupilos do Exército de Lisboa (!), em 1911. Justamente por causa de Star Wars, é “comemorado” nesse dia o orgulho nerd (pelo menos desde 2006). Também é dia da adoção, do respeito ao contribuinte brasileiro, dos vizinhos, da costureira, e das crianças desparecidas (ufa).

Bônus de maio:

O nosso mês tem uma série de extras. Vai vendo:

Nunca houve verão como o de 1942, nem maio como o de 1985

Nunca houve verão como o de 1942, nem maio como o de 1985

A travessa do Parque Fernanda, bairro do Capão Redondo (zona sul) tem esse nome em ~homenagem~ à data de legalização de parte da quebrada: maio de 1985. Algumas exigiram Sete anos de luta (nome da principal rua do bairro). Não é a única data: temos Junho de 1985, Julho de 1982, etc… Em maio de 1985 também estreava a série Armação Ilimitada.

maio_tarde

“Como esses primitivos que carregam por toda parte o maxilar inferior de seus mortos
assim te levo comigo, tarde de maio” (Drummond)

Essa ruinha de São Miguel (ZL), que dá entrada ao terminal de ônibus do bairro, tem o nome de um poema de Carlos Drummond de AndradeTarde de Maio, publicado em Claro Enigmade 1951.

Da água para o vinho - e de Drummond para Castro Alves

“No céu dos trópicos
P’ra sempre brilha,
Ó noite esplêndida,
Que as ondas trilha.
Do amor nas pálpebras
Acende o raio.
Ó noite cúmplice!
Noite de maio!” (a rua está em Sapopemba, na ZL).

A noite de maio foi aludida por Castro Alves neste poema, escrito no dia 7 de maio (adivinha…) de 1871. O curioso é que, muitos anos antes de Sullivan e Massadas, Peninha e parceiros, o poeta baiano já fez de Noite de Maio uma “versão” de uma música folclórica italiana, Santa Lucia. Aquela mesma que foi cantada de Pavarotti a Aguinaldo Rayol. Mas veja só como ela fica com a letra de Tarde de Maio.

Vento de raio Rainha de maio Estrela cadente Chegou de repente O fim da viagem Agora já não dá mais Pra voltar atrás

“Vento de maio
Rainha de maio
Estrela cadente
Chegou de repente
O fim da viagem
Agora já não dá mais
Pra voltar atrás”

Essa aqui, da Vila Jacuí (ZL), você deve conhecer. É Vento de Maio, música do Lô Borges eternizada pela Elis Regina – e que estava no seu último disco, lançado meses antes da sua morte, em janeiro de 1982.

Lá em São Rafael (ZL) estão os frutos

Lá em São Rafael (ZL) estão os Frutos de Maio.

De volta aos poemas, ainda tem esse, de Cruz e Sousa, publicado originalmente (veja só) no dia 14 de maio de 1886. Já os frutos de maio são a tangerina ponkan, o abacate, a pêra e a maçã gala, segundo essa listinha.

Ainda no reino vegetal, temos a…

"Apesar do nome, elas já começam a aparecer em abril e a floração se estende, às vezes, até julho. São as flores-de-maio, cactácea que encanta pelo formato exótico e cores em tons dégradé."

“Apesar do nome, elas já começam a aparecer em abril e a floração se estende, às vezes, até julho. São as flores-de-maio, cactácea que encanta pelo formato exótico e cores em tons dégradé.”

Essa flor ornamental, exclusiva do Brasil (bota exclusivo na flor, deu trabalho pra fazer!), é na verdade um cruzamento de outras duas (entre a variedade Schlumbergera e a espécie Z. truncatus buckleyi) e por isso mesmo a Flor de Maio dá nome a duas ruas. A legalizada, na Vila Jacuí (quase do lado da Jacu-Pêssego), que é um verdadeiro jardim a céu aberto. A pirata, num loteamento no Tremembé (de onde vem a placa aí de cima). Mas ambas você acha no Google Maps.

Os lírios maios são uma variedade inventada pela Prefeitura e pelo Banco de Nomes.

Os lírios maios são uma variedade inventada pela Prefeitura e pelo Banco de Nomes.

Muito provavelmente o amigo do Banco quis dar uma incrementada ao batizar essa travessa do Capão Redondo, já que “lirios maios” não é uma variedade conhecida desta flor do gênero Lillium L., da família Liliaiceae. 

Chega?

Chega nada: ainda existe, pelo menos na teoria, a travessa Soneto de Maioalusiva ao poema de Vinícius de Moraes, no Jabaquara. Mas, segundo o Street View, aparentemente, a travessa é um matagal intransitável, nos fundos de um condomínio. O mesmo acontece com sua “esquina”, a travessa Reverendo Augusto Paes de Ávila, um terreno baldio com uma placa de rua perdida em cima.

Terreno baldio achando que é rua, olha só...

Terreno baldio achando que é rua, olha só…

Agora sim, chega.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s